Manter uma boa gestão financeira dentro de uma entidade não é nada fácil. É preciso manter sempre em dia o pagamento de contas, os convênios gerenciados e a emissão de boletos para empresas e associados, mantendo o processo sempre o mais transparente possível para aumentar sua credibilidade e deixar o associado atualizado com os gastos. Outro bom motivo para deixar as contas da entidade sempre em dia é fugir das dívidas, que estão atingindo boa parte das empresas brasileiras devido à crise econômica. Para realizar o controle de tudo isso e evitar entrar no negativo, é preciso que haja organização no financeiro do sindicato, e nós separamos algumas dicas para esse processo fluir melhor:

Organize seus dados:

Relatórios e estudos financeiros requerem uma grande quantidade de dados, como o pagamento feito por cada associado, o valor de cada conta e tantos outros. São muitas informações distintas, o que torna inviável colocar uma pessoa para, todo o mês, passar dias correndo atrás desses dados em cada setor da entidade, então é necessário ter um bom armazenamento dessas informações para que elas possam ser acessadas com apenas alguns cliques na rede local. É muito importante também que eles fiquem centralizados em uma rede, de forma que qualquer alteração já fique salva para o próximo usuário, sem a necessidade de envio de versões por email.

Visualize seus resultados:

Tabelas são ótimas ferramentas organizacionais e são extremamente úteis para realizar contas com maior precisão, mas ficar observando apenas os números empilhados não é o melhor método para se extrair informações de valor. As vezes existe um erro óbvio em alguma finança, que acaba sendo mascarado entre o mar de células e decimais. Por isso, gerar gráficos é de extrema importância para o gestor. Visualizar resultados de forma mais dinâmica é a melhor forma de identificar o que está dando certo na entidade e se existe algum valor que foge do habitual,e pode significar um problema no setor ou no cálculo financeiro.

Automatize sua gestão:

Não é mais possível depender apenas de lápis, papel e calculadora para realizar uma gestão financeira de confiança. Independente do tamanho da sua entidade, um sistema de gestão sindical, como o Gersin, é peça chave para manter a organização do capital. Afinal, o Gersin é capaz de gerenciar fluxo de caixa, contabilidade, arrecadações e diversas outras áreas do financeiro de uma entidade em seus módulos, com maior segurança nos dados e facilidade de operação. O investimento em uma tecnologia de gestão de qualidade já compensa na sua implantação, pela melhor organização e diminuição de tempo de trabalho necessário para realizar a tarefa manualmente, podendo resultar até em um aumento no faturamento mensal da entidade. O Gersin possui uma média de 45% no aumento de faturamento de seus usuários!

E a sua entidade, como faz para manter suas contas em dia? Ainda não usufrui dos benefícios de um software completo de gestão? Entre em contato com a Micromust e saiba mais sobre os módulos do Gersin!

Copyright © 2017 Todos os direitos reservados.